AFP

Os ministros do Meio Ambiente do Uruguai e da Argentina assinaram em Montevidéu um acordo para a "cooperação em matéria de meio ambiente e desenvolvimento sustentável"

(afp_tickers)

O Uruguai e a Argentina concordaram nesta sexta-feira em elaborar uma agenda de ações conjuntas, que incluem cooperação ambiental, a elaboração de projetos de adaptação às mudanças climáticas e a conservação da biodiversidade marinha em áreas limítrofes.

Os ministros do Meio Ambiente do Uruguai, Eneida de León, e da Argentina, Sergio Bergman, assinaram em Montevidéu um acordo para a "cooperação em matéria de meio ambiente e desenvolvimento sustentável".

Os dois governos apresentarão uma solicitação à Corporação Andina de Fomento (CAF) para o financiamento compartilhado de projetos ambientais dos dois países.

Ambos os ministros ratificaram o trabalho conjunto sobre duas propostas de projetos de cooperação bilateral "em matéria de adaptação às mudanças climáticas em cidades e ecossistemas vulneráveis costeiros do rio Uruguai e de qualidade ambiental dos oceanos e conservação da biodiversidade marinha e costeira" no Rio da Prata - que banha a costa de ambos os países.

Os ministros destacaram a cooperação bilateral em nível de fóruns regionais e multilaterais no que diz respeito às mudanças climáticas e o Acordo de Paris, que pretendem aprofundar.

Nesse sentido, enfatizaram o trabalho conjunto de equipes técnicas de ambos os ministérios para buscar "soluções concretas" a problemas ambientais e de mudanças climáticas.

"Apesar do ceticismo do mundo sobre o que vai acontecer com as mudanças climáticas, esta região está proativa e colaborativa", apontou Bergman.

AFP

 AFP