Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(13 ago) Figura em tamanho real do Papa Francisco, em Bogotá

(afp_tickers)

O argentino Papa Francisco, 266º pontífice da História da Igreja Católica, desde que foi escolhido, em 13 de março de 2013, realizou 23 viagens ao exterior, entre elas a quatro países da América Latina, sem contar sua próxima visita, à Colômbia.

- Brasil -

Foi a sua primeira viagem ao exterior, de 22 a 29 de julho de 2013, apenas cinco meses após ser eleito, para participar da XXVIII Jornada Mundial da Juventude, que ocorreu no Rio de Janeiro.

Nessa viagem, substituiu o papamóvel blindado por um veículo branco e totalmente aberto, e em várias ocasiões deixou o protocolo de lado para se aproximar dos fiéis.

- Equador, Bolívia e Paraguai -

Francisco realizou uma viagem de uma semana, de 5 a 12 de julho de 2015, aos três países mais pobres da América do Sul - Equador, Bolívia e Paraguai -, onde pediu perdão pelos crimes contra os índios durante a conquista da América.

- Cuba e Estados Unidos -

A 10ª viagem de seu pontificado foi de 19 a 28 de setembro de 2015 para Cuba e Estados Unidos, uma ocasião para construir pontes entre o país comunista e a superpotência capitalista.

- México -

Em sua 12ª viagem ao exterior, para o México, de 12 a 18 de fevereiro de 2016, o pontífice argentino acrescentou uma etapa de três horas no aeroporto José Martí de Havana, Cuba, para manter um encontro histórico com o patriarca ortodoxo russo Kirill.

- Colômbia -

Em 2017, Francisco realizará uma única viagem a sua região, para a Colômbia, de 6 a 10 de setembro, para levar uma mensagem de reconciliação e paz após os acordos com a guerrilha das Farc.

Também tem programado visitar Chile e Peru de 15 a 21 de janeiro de 2018. Por enquanto, o papa argentino não anunciou uma viagem a sua terra natal.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP