Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) A astronauta americana Peggy Whitson, no cosmódromo de Baikobur, no dia 17 de novembro de 2016

(afp_tickers)

Dois dos seis astronautas da tripulação da Estação Espacial Internacional (ISS) concluíram a primeira saída espacial do ano, depois de realizar trabalhos de atualização do sistema elétrico na plataforma orbital.

O americano Shane Kimbrough, de 49 anos, comandante da tripulação, e seu compatriota Peggy Whitson, de 56, engenheira de voo, se reintegraram na câmara de descompressão da estação e terminaram oficialmente sua expedição às 16H55 de Brasília, informou o comentarista de televisão da agência espacial europeia (Nasa), que transmitiu ao vivo a saída orbital de seis horas e 32 minutos.

Os astronautas terminaram os trabalhos antes do previsto e realizaram tarefas suplementares, como tirar fotografias do espectrômetro magnético Alfa, um instrumento científico para rastrear a matéria escura, substância invisível que representaria mais de 80% da massa do universo.

Trabalhando na parte direita da estrutura da ISS, perto de um dos quatro painéis solares da estação, os dois astronautas conectaram três das seis novas baterias de lítio, levadas à estação em dezembro pela nave japonesa de abastecimento "Kounotori 6".

As baterias funcionam perfeitamente, informaram os controladores do centro da Nasa, em Houston, Texas (sul dos Estados Unidos).

Uma segunda caminhada orbital para completar as instalações está prevista para 13 de janeiro, novamente com Shane Kimbrough e o francês Thomas Pesquet, de 38 anos, da Agência Espacial Europeia (ESA).

Antes desta saída, as novas baterias foram extraídas dos contêineres externos utilizando o braço robótico da ISS.

A maior parte destes trabalhos complexos de modernização é realizada pelos controladores no centro espacial da Nasa, em Houston, com ajuda do mesmo braço robótico, o Canadarm2.

Esta é a sétima saída orbital de Whitson, com a qual iguala o recorde de caminhadas espaciais para uma mulher, previamente estabelecido por sua compatriota, Suni Williams.

Kimbrough realiza a terceira expedição orbital de sua carreira e na próxima sexta-feira, Thomas Pesquet fará sua primeira caminhada espacial.

A desta sexta-feira foi a caminhada espacial de número 196 realizada para a montagem e a manutenção da ISS, cujo primeiro módulo foi posto em órbita em 1998. A estação ficou pronta dez anos depois.

AFP