Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Vídeo da NASA mostra os astronautas Joe Acaba e Randy Bresnik na Estação Espacial Internacional fazendo reparos em um braço robótico, no dia 20 de outubro de 2017

(afp_tickers)

Dois astronautas americanos realizaram, nesta sexta-feira (20), reparos essenciais no braço robótico da Estação Espacial Internacional (ISS), semanas antes da chegada da próxima nave de carga, no início de novembro, informou a Nasa.

Os astronautas da agência espacial americana Joe Acaba e Randy Bresnik realizaram um passeio espacial que durou seis horas e 49 minutos, durante o qual deram os últimos retoques no braço robótico de 17 metros da estação, chamado Canadarm2.

O braço, um equipamento-chave no laboratório em órbita, em agosto perdeu sua capacidade de agarrar eficazmente.

Os astronautas dentro da estação manobram o braço externo para que ele segure as naves espaciais que chegam repletas de alimentos e suprimentos para a equipe. Também é usado para mover equipamentos e pessoas em volta da estação espacial.

O próximo envio de abastecimento dos Estados Unidos, que será entregue em uma nave de carga Cygurus não tripulada lançada pelo foguete Orbital ATK, deve chegar à ISS no dia 13 de novembro.

Com pressa para realizar os reparos antes disso, a Nasa organizou uma rápida sucessão de três caminhadas espaciais em três semanas, em 5, 10 e 20 de outubro.

Durante a saída desta sexta-feira, os astronautas substituíram um sistema de câmera com problemas de foco no final do braço robótico, necessário para ter uma boa visão das naves de carga que se aproximam, e fixou um fusível na extensão do Canadarm2.

Eles também instalaram outra nova câmera de alta definição do lado de fora da ISS.

A mão do braço robótico foi substituída durante a caminhada espacial de 5 de outubro.

Na saída de 10 de outubro, os astronautas lubrificaram o braço e instalaram uma nova câmera de alta definição do lado de fora do laboratório de pesquisa.

A caminhada espacial desta sexta-feira foi a 205ª da história da estação espacial, uma colaboração internacional que envolve mais de uma dúzia de países.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










AFP