Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) A troca de tiros foi registrada às 12H17 locais no restaurante Virginia's On King na cidade de Charleston, na Carolina do Sul

(afp_tickers)

Uma pessoa morreu e várias outras foram feitas reféns nesta quinta-feira, quando um funcionário descontente, que em seguida foi ferido pela Polícia e enviado a um hospital, abriu fogo em um restaurante no sudeste dos Estados Unidos.

A troca de tiros foi registrada às 12H17 locais no restaurante Virginia's On King na cidade de Charleston, na Carolina do Sul.

Pouco mais de três horas depois, as autoridades informaram que a situação tinha sido controlada.

"Uma pessoa morreu assassinada hoje", disse o prefeito de Charleston, John Tecklenburg, sem revelar a identidade da vítima. "Este não é um ato terrorista, não é um crime de ódio. É o caso trágico de um funcionário descontente".

"O atacante levou um tiro e foi enviado ao hospital em condição crítica", acrescentou.

O restaurante de comida sulista Virginia's On King, na rua King, é uma atração turística no centro de Charleston.

Dois clientes - Tom e Patsy Plant - contaram ao jornal local Post and Courier que estavam almoçando quando um homem veio da cozinha com uma pistola na mão esquerda. Segundo eles, o atacante anunciou: "Há um novo chefe neste lugar".

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP