AFP

Um soldado faz guarda após ataque de carro-bomba em Mogadíscio, no dia 9 de abril de 2017

(afp_tickers)

Um homem lançou um carro-bomba contra um conhecido restaurante de Mogadíscio, capital da Somália, nesta quarta-feira (14), deixando pelo menos seis mortos e vários feridos - informaram testemunhas e policiais.

"O atacante suicida se lançou com seu carro carregado de explosivos contra o prédio", explicou o policial Ali Mohamed, referindo-se ao restaurante Posh Treats.

O oficial de segurança Abukar Mohamed relatou que há "seis pessoas mortas e vários feridos", e que a operação para esvaziar o prédio segue em andamento, depois de as forças de segurança cercarem a área.

Abas Ahmed, que estava no local, contou ter visto "vários cadáveres".

O grupo Al-Shabab assumiu a autoria do ataque, em declaração à sua Rádio Andalus, assegurando que seus homens armados teriam invadido o restaurante depois.

Essa organização afiliada à Al-Qaeda costuma cometer esse tipo de atentado em Mogadíscio, contra civis, governo e alvos militares.

O atentado de hoje aconteceu em pleno Ramadã, depois da ruptura do jejum, no final do dia, quando mesquitas e restaurantes costumam estar cheios.

O restaurante Posh Treats é um estabelecimento novo, situado em um bairro nobre da capital, e popular entre os jovens e os somalis da diáspora.

A organização islâmica prometeu acabar com o frágil governo somali, apoiado pela comunidade internacional e pelos 22 mil homens da força da União Africana na Somália (Amisom).

AFP

 AFP