Navigation

Ataque com drones mata seis pessoas no noroeste do Paquistão

Nas últimas semanas, o exército do Paquistão executou uma grande ofensiva no Waziristão do Norte contra as bases que os combatentes da região utilizaram para planejar atentados em todo o país. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 10. julho 2014 - 11:09
(AFP)

Um ataque com drones americanos matou seis supostos islamitas em uma zona tribal do noroeste do Paquistão, onde o exército paquistanês executa uma grande ofensiva contra combatentes locais e estrangeiros.

Fontes das forças de segurança informaram que dois drones americanos lançaram quatro mísseis contra um complexo na localidade de Doga Macha Madda Khel, 35 km ao oeste de Miranshah, a principal cidade do Waziristão do Norte, reduto dos talibãs e da Al-Qaeda.

De acordo com uma fonte, quatro estrangeiros e dois comandantes islamitas locais morreram no ataque.

Nas últimas semanas, o exército do Paquistão executou uma grande ofensiva no Waziristão do Norte contra as bases que os combatentes da região utilizaram para planejar atentados em todo o país.

O exército anunciou que controla 80% de Miranshah, que segundo fontes militares se transformara em um local de "peregrinação" dos jihadistas para obter armas e explosivos.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.