AFP

(Arquivo) Mais de 50 pessoas, em seu maioria combatentes pró-regime, morreram nesta quinta-feira em um ataque do grupo extremista Estado Islâmico (EI) contra dois povoados da província de Hama, centro da Síria

(afp_tickers)

Mais de 50 pessoas, em seu maioria combatentes pró-regime, morreram nesta quinta-feira em um ataque do grupo extremista Estado Islâmico (EI) contra dois povoados da província de Hama, centro da Síria, afirmou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

Cinquenta e duas pessoas morreram no ataque, entre elas 15 civis, 27 milicianos pró-regime e 10 pessoas não identificadas que são "ou civis, ou combatentes", afirmou o OSDH.

AFP

 AFP