AFP

Soldados afegãos em Jalalabad após ataque suicida em 17 de maio

(afp_tickers)

Vinte policiais afegãos morreram neste domingo em um ataque coordenado dos talibãs contra postos de controle do sudeste do país.

"Por volta de 1h00 da manhã talibãs armados executaram um ataque coordenado contra postos de controle da polícia no distrito de Shah Joy, na província de Zabul", disse à AFP o governador provincial Bismillah Afghanmal.

"O ataque durou quatro horas", afirmou o governador.

O ataque também deixou 15 policiais feridos, afirmou uma fonte do governo distrital que pediu anonimato.

"Os talibãs executaram ataques simultâneos e coordenados contra seis postos de controle da polícia. Enviamos reforços de maneira imediata. Vinte policiais morreram nos combates e 15 ficaram feridos", disse a fonte.

De acordo com a imprensa local, os policiais não conseguiram entrar em contato com os comandantes e ligaram para a imprensa para alertar sobre o ataque.

As forças afegãs, a polícia e o exército são alvos frequentes dos ataques talibãs.

Os insurgentes talibãs reivindicaram o ataque e afirmaram que é parte da "operação Mansuri", sua tradicional ofensiva de primavera (hemisfério norte) iniciada em abril, cujo nome é uma referência ao líder do movimento, o mulá Omar, que morreu em maio de 2016 em um ataque de drone americano no Paquistão.

AFP

 AFP