Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Elefantes selvagens matam uma pessoa por dia na Índia, devido a cada vez mais constante invasão do seu habitat

(afp_tickers)

Elefantes selvagens matam uma pessoa por dia na Índia, devido à cada vez mais constante invasão de seu habitat, informaram autoridades nesta terça-feira.

Nesta luta entre predadores, a cada dia também morre um leopardo, à medida em que o homem ocupa seu habitat em um país onde várias zonas de matas foram urbanizadas.

Segundo o ministério indiano do Meio Ambiente, 1.144 pessoas morreram em ataques de animais selvagens na Índia entre abril de 2014 e maio de 2017, com média de uma vítima diária, e os elefantes provocaram 1.052 óbitos.

No mesmo período, 345 tigres e 84 elefantes morreram, a maioria por caça ilegal.

Siddhanta Das, diretor da área de matas do ministério, explicou que a causa das mortes é a intrusão de humanos nos territórios habitados pelos animais.

"Estamos lançando campanhas de conscientização para reduzir as vítimas", declarou Das à AFP.

A maioria dos ataques a humanos ocorre nos chamados corredores de elefantes, rotas que durante séculos foram utilizadas por estes animais, e que hoje têm a presença de pessoas.

Na Índia vivem cerca de 30 mil elefantes e 2.226 tigres, e estes felinos mataram 92 pessoas entre abril de 2014 e maio de 2017, segundo as autoridades locais.

AFP