Navigation

Austrália vai testar vacina da tuberculose contra o coronavírus

Profissional de saúde conversa com visitantes em um centro de testagem para a Covid-19 em Sydney, Austrália, 23 de março de 2020 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 27. março 2020 - 01:00
(AFP)

Uma equipe de cientistas australianos anunciou nesta sexta-feira (26) que decidiu testar em larga escala uma vacina usada durante décadas contra a tuberculose para comprovar se é capaz de imunizar profissionais de saúde para o novo coronavírus.

O teste desta vacina, a BCG, será feita com 4.000 trabalhadores de hospitais para verificar sua capacidade de reduzir os sintomas da Covid-19, informaram os pesquisadores do Instituto Murdoch em Melbourne.

"Embora originalmente tenha sido desenvolvida contra a tuberculose e ainda seja administrada para mais de 130 milhões de bebês todos os anos, a BCG também aumenta a capacidade imunológica básica do organismo, ajudando-o a responder aos germes com mais força", explicaram os pesquisadores em um comunicado.

"Esperamos que haja uma redução na frequência e na gravidade dos sintomas da Covid-19 para o pessoal de saúde que tiver se vacinado com BCG", explicou o chefe da equipe, Nigel Curtis.

Serão feitos testes similares em outros países, como Holanda, Alemanha e Reino Unido.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.