Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Equipe de resgate trabalha no México após o sismo de 7.1 graus que atingiu a capital na terça-feira, dia 19 de setembro de 2017

(afp_tickers)

As autoridades mexicanas descartaram nesta quinta-feira a presença de uma menina com vida sob os escombros de uma escola no sul da Cidade do México, informação que mobilizou a mídia mundial nas últimas 24 horas, após o terremoto de terça-feira.

"Temos a certeza de que os que não morreram já estão nos hospitais ou em suas casas a salvo", declarou o subsecretário da Marinha do México, Ángel Sarmiento, à TV.

O oficial destacou que na Marinha "nunca tivemos conhecimento" da versão sobre uma menina viva sob os escombros da escola, uma história a qual a mídia - nacional e internacional - dedicou várias horas de sua cobertura sobre o terremoto no México.

"Estamos seguros de que isto não é real", acrescentou Sarmiento em entrevista coletiva.

A imprensa mexicana identificou a menina como Frida Sofía, que não consta da relação de alunos da escola que desabou.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP