AFP

Um avião da China Eastern sofreu uma grave falha que provocou um buraco em uma de suas turbinas e o obrigou a um pouso de emergência em Sydney

(afp_tickers)

Um avião da China Eastern sofreu uma grave falha que provocou um buraco em uma de suas turbinas e o obrigou a um pouso de emergência em Sydney, anunciou nesta segunda-feira a companhia aérea chinesa.

Os passageiros observaram o buraco pouco depois que o voo MU736 decolou do aeroporto de Sydney às 20H30 (7H30 de Brasília) no domingo. A tripulação ordenou que os passageiros deixassem os assentos próximos à turbina afetada e o avião retornou ao aeroporto. Ninguém ficou ferido.

"A tripulação observou a situação anormal do motor esquerdo e decidiu retornar ao aeroporto de Sydney imediatamente", afirmou à AFP uma porta-voz da China Eastern.

A aeronave, um Airbus A330, "está sendo examinada", disse a porta-voz.

De acordo com a companhia, todos os passageiros foram transferidos para outros voos previstos para segunda-feira.

AFP

 AFP