Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) A presidente do BC russo, Elvira Nabiullina

(afp_tickers)

O Banco Central da Rússia anunciou nesta quinta-feira que assumiu o controle do Binbank, o oitavo maior banco do país, que passa por dificuldades financeiras, menos de um mês depois de resgatar outro banco para evitar um efeito dominó no setor.

As medidas destinadas a "reforçar a estabilidade financeira" do Binbank incluem a participação do BC na "qualidade de investidor principal com a utilização de recursos do Fundo de Consolidação do setor bancário", afirma um comunicado.

A decisão inclui várias filiais do grupo, em particular a Rost, outra instituição que passa por dificuldades e foi comprada pelo Binbank.

O Binbank (B&N Bank em inglês), oitavo banco russo por ativos, segundo o BC, tem mais de 400 agências e 4,7 milhões de clientes particulares. É controlado pela família do empresário Mikhail Gutseriev.

O mecanismo de resgate foi inaugurado no fim de agosto com a intervenção no Otkrytie, com uma injeção sem precedentes de bilhões de dólares.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP