Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O grupo farmacêutico Bayer anunciou a suspensão da venda do implante de esterilização Essure, denunciado por muitas mulheres por seus efeitos colaterais

(afp_tickers)

O grupo farmacêutico Bayer anunciou nesta segunda-feira a suspensão da venda do implante de esterilização Essure, denunciado por muitas mulheres por seus efeitos colaterais, "em todos os países, exceto nos Estados Unidos".

"Esta decisão foi tomada por motivos comerciais e amplia a que foi anunciada no fim de maio de interromper o fornecimento do Essure na maior parte dos países", detalhou o grupo alemão em comunicado.

"Consequentemente, a Bayer não retomará a comercialização do Essure na França e não continuará o processo de renovação do selo CE (uma licença comercial) do Essure para os países europeus como Islândia, Liechtenstein e Noruega", acrescentou o texto.

A comercialização dos implantes Essure foi suspensa pela União Europeia durante três meses, no início de agosto. O organismo responsável de renovar a sua certificação fez o requerimento de elementos complementares antes de se pronunciar.

O Brasil já havia aplicado uma medida similar de fevereiro a julho deste ano.

Muitas mulheres denunciaram os efeitos colaterais, por vezes graves, após a implantação desta pequena mola metálica colocada nas trompas de Falópio.

Em seu comunicado, a empresa diz querer "tranquilizar as pacientes, especialmente as que usam o Essure, assim como todos os profissionais médicos que as tratam", reafirmando que "esta decisão não está relacionada com um problema de segurança, ou de qualidade do produto".

"As vítimas do dispositivo Essure podem comemorar a retirada de forma definitiva do mercado na França", reagiu Charles Joseph-Oudin, advogado que representa centenas de pacientes francesas.

Estas mulheres, no entanto, não podem "ficar satisfeitas com os motivos econômicos alegados", assinalou o advogado em comunicado, acrescentando que mais explicações eram necessárias.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP