AFP

Voluntários removem vítimas do atentado em Cabul

(afp_tickers)

Um motorista afegão da BBC morreu e quatro jornalistas do grupo ficaram feridos no atentado de Cabul, anunciou nesta quarta-feira em um comunicado a corporação britânica pública de rádio e televisão.

"Com grande pesar, a BBC pode confirmar a morte do motorista afegão Mohammed Nazir (...) quando transportava colegas jornalistas ao escritório", informou Francesca Unsworth, diretora da BBC World.

O comunicado informa que quatro jornalistas sofreram ferimentos, mas estes "não ameaçam suas vidas".

A nota da BBC não revela a nacionalidade dos jornalistas feridos.

O motorista trabalhava há mais de quatro anos para o serviço afegão da BBC, era casado e tinha filhos, de acordo com Unsworth.

Ao menos 80 pessoas morreram e mais de 300 ficaram feridas em um atentado com caminhão-bomba nesta quarta-feira no bairro diplomático de Cabul, o que marca um início violento de Ramadã.

O balanço pode ser ainda maior, já que os serviços de resgate ainda estão retirando corpos dos escombros.

AFP

 AFP