Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O Banco Central Europeu (BCE) manteve sem alterações nesta quinta-feira suas taxas básicas de juros, em um mínimo histórico desde março de 2016, e decidiu manter também seu importante programa de compra de dívida para estimular a economia e a inflação na zona do euro

(afp_tickers)

O Banco Central Europeu (BCE) manteve sem alterações nesta quinta-feira suas taxas básicas de juros, em seu mínimo histórico desde março de 2016, e decidiu manter também o importante programa de compra de dívida para estimular a economia e a inflação na zona do euro.

Como se esperava, o instituto emissor com sede em Frankfurt manteve em 0% sua principal taxa, referência para o crédito na zona euro.

A taxa de empréstimo marginal permanece, por sua vez, em 0,25%, e a taxa de depósitos em -0,4%, anunciou um porta-voz após a reunião do conselho de governantes.

Pouco após o anúncio, o presidente do BCE, o italiano Mario Draghi, reafirmou que a inflação não alcançou o nível desejado pela instituição e que, portanto, é preciso ter paciência e ser prudente antes de aplicar qualquer mudança na política monetária atual.

"A inflação não está no nível que queremos", disse numa coletiva de imprensa após o conselho.

O BCE decidiu manter seu amplo programa de compra da dívida a um ritmo de 60 bilhões de euros mensais, ainda que seja reservada a possibilidade de aumentá-lo caso seja necessário.

AFP