Navigation

BCIE aprova US$ 400 mi para financiar vacinas contra covid-19 na América Central

Vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Rússia afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 03. setembro 2020 - 21:22
(AFP)

O Banco Centro-Americano de Integração Econômica (BCIE) aprovou financiamento de 400 milhões de dólares para a compra de vacinas contra o covid-19 na região, quando estiverem disponíveis no mercado internacional, informou nesta quinta-feira o presidente da entidade, Dante Mossi.

Os recursos servirão para "garantir aos nossos países acesso prioritário a essas vacinas", disse Mossi.

Ele lembrou que as vacinas estão sendo desenvolvidas em vários países e que a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) busca garantir o fornecimento quando estiverem disponíveis.

"Até o momento, não é possível ter um preço ou quantidade de vacinas que cada país vai exigir", observou.

O BCIE concederá 50 milhões de dólares a cada um dos oito países beneficiários da instituição: Belize, Guatemala, El Salvador, Honduras, Nicarágua, Costa Rica, Panamá e República Dominicana.

Os fundos de emergência serão emprestados por um prazo de 20 anos e taxas de juros abaixo de 3%.

O BCIE realizou na quinta-feira sua 60ª reunião anual de governadores, na qual aprovou seu plano para o quinquênio 2020-2025, no qual concederá financiamento de 15 bilhões de dólares.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.