Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Logo da BHP Billiton

(afp_tickers)

Com os preços do cobre em alta, a empresa anglo-australiana BHP Billiton anunciou nesta quinta-feira o investimento de 2,46 bilhões de dólares na mina chilena Spencer.

Com isso, a mina vai produzir, a partir de 2021, 185 mil toneladas a mais de cobre e cerca de 4 mil toneladas de molibdeno ao ano, anunciou a empresa líder mundial de mineração num comunicado.

O investimento vai estender a vida da mina por mais 50 anos, segundo um comunicado, e vai criar 5 mil empregos durante a fase de construção.

"O projeto amplia significativamente a vida da nossa operação em Spencer e libera o potencial de um recurso de qualidade", garante o presidente da companhia, Andrew Mackenzie, no comunicado.

A BHP Billiton também opera Escondida, a maior mina de cobre do mundo, que no primeiro trimestre do ano passou 44 em greve, o mais longo conflito trabalhista da história do Chile, gerando prejuízos de 740 milhões de dólares para as empresas.

A produção de cobre da BHP Billiton foi reduzida em 16%, a 1,3 milhão de toneladas, no ano fiscal de 2017, puxada na queda da produção de 21% em Escondida.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP