AFP

O construtor americano publicará na terça-feira suas previsões para o mercado de transporte aéreo nos próximos 20 anos.

(afp_tickers)

O diretor da filial de aviação civil da Boeing, Kevin McAllister, calculou neste domingo em 41.000 aparelhos a demanda mundial de aviões nos próximos 20 anos, um crescimento de cerca de 4% ao ano.

"Há uma dinâmica muito sólida e grandes oportunidades de substituição dos aviões de longo percurso", afirmou McAllister um dia antes da inauguração do Salão Aeronáutico de Le Bourget, perto de Paris.

O construtor americano publicará na terça-feira suas previsões para o mercado de transporte aéreo nos próximos 20 anos.

Suas últimas previsões, publicadas em 2016, apontavam uma demanda total de 39.600 novos aparelhos num valor de 5,9 trilhões de dólares.

AFP

 AFP