Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A Boeing divulgou resultados melhores do que o esperado no segundo trimestre de 2017 nesta quarta-feira, ampliando sua previsão de lucro anual

(afp_tickers)

A Boeing divulgou resultados melhores do que o esperado no segundo trimestre de 2017 nesta quarta-feira, ampliando sua previsão de lucro anual. A fabricante americana atribui o avanço a uma perfomance operacional robusta e uma economia com impostos que não havia sido prevista.

O lucro líquido no trimestre doi de 1,8 bilhão de dólares, uma expansão em relação ao prejuízo de 234 milhões no mesmo período do ano passado, quando a Boeing foi afetada por custos excepcionais em programas de aeronaves militares e comerciais.

A receita caiu 8,1%, a 22,7 bilhões de dólares, graças a entregas comerciais mais fracas. A margem de lucro da divisão de aviação comercial subiu, embora a empresa tenha vendido menos aeronaves que no mesmo período de 2016.

A empresa impulsionou sua previsão de lucro anual, subindo a faixa projetada para 11,10 a 11,30 dólares por ação - em vez da estimativa anterior de 10,35 a 10,55 dólares por ação.

Um fator chave na melhora do cenário foi a economia de 700 milhões de dólares em dinheiro provenientes de uma economia fiscal do financiamento acelerado de pensões.

As ações da empresa estavam em alta de 2,8% nas operações antes da abertura do mercado.

AFP