Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Imagem de vídeo divulgado pelo Boko Haram mostra o líder do grupo islamita, Abubakar Shekau

(afp_tickers)

O líder do grupo Boko Haram proclamou um "califado islâmico" em uma cidade do nordeste da Nigéria tomada pelos insurgentes, em um vídeo obtido pela AFP neste domingo.

"Graças a Alá, que deu a vitória a nossos irmãos em Gwoza e a tornou parte do califado islâmico", afirma Abubakar Shekau em um vídeo de 52 minutos.

Ele destaca que a cidade, no estado de Borno, "não tem mais nada a ver com a Nigéria".

"Não vamos deixar a cidade. Viemos para ficar", declara Shekau, considerado um "terrorista em escala mundial" pelo governo dos Estados Unidos, que oferece uma recompensa de sete milhões de dólares por sua captura.

Desde abril, o Boko Haram assumiu o controle de várias localidades e comanda áreas inteiras do norte do país, onde não existe mais a presença do exército, segundo moradores, autoridades locais e analistas.

AFP