Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A gripe Influenza A (H1N1) deixou 12 mortos na Bolívia desde janeiro, enquanto as autoridades disparam os alarmes por uma queda nas temperaturas nos últimos dias, informou o Ministério da Saúde

(afp_tickers)

A gripe Influenza A (H1N1) deixou 12 mortos na Bolívia desde janeiro, enquanto as autoridades disparam os alarmes por uma queda nas temperaturas nos últimos dias, informou o Ministério da Saúde.

"No caso da Influenza A (H1N1), temos 356 casos confirmados a nível nacional. Até o momento, infelizmente, temos 12 casos de falecidos", informou a ministra da Saúde, Ariana Campero.

O Serviço Departamental de Saúde também lançou um alerta pelo aumento de casos nos últimos dias, ante a queda das temperaturas.

Entre segunda-feira e terça-feira desta semana, o departamento de La Paz registrou um aumento incomum do número de pessoas infectadas com a gripe H1N1, de 189 para 244 pacientes.

Em 2014, sete pessoas morreram devido à doença, de acordo com registros oficiais.

AFP