Navigation

Bolívia suspende relações diplomáticas com Cuba

(Arquivo) A presidente interina da Bolívia, Jeanine Áñez afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 24. janeiro 2020 - 17:15
(AFP)

O governo interino da Bolívia suspendeu nesta sexta-feira suas relações diplomáticas com Cuba, depois de descrever como "inadmissíveis" as declarações do ministro das Relações Exteriores cubano, Bruno Rodríguez, que chamou a presidente boliviana, Jeanine Áñez, de "golpista autoproclamada".

"O Ministério das Relações Exteriores do Estado Plurinacional da Bolívia informa à opinião pública nacional e internacional que tomou a decisão de suspender as relações diplomáticas com a República de Cuba a partir da data", disse o ministro das Relações Exteriores boliviano Yerko Nuñez.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.