Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Os acionistas ficaram aliviados com o resgate a dois bancos italianos nesta segunda-feira (26), o Veneto Banca e o Banca Popolare de Vicenza

(afp_tickers)

As bolsas de ações europeias fecharam em alta nesta segunda-feira, com a comemoração do resgate de 19 bilhões de dólares ao setor bancário da Itália.

O governo italiano decidiu resgatar dois bancos com insolvência, o Veneto Banca e o Banca Popolare di Vicenza, evitando uma ameaça ao frágil sistema bancário do país.

Os ativos saudáveis estão sendo vendidos ao Intesa Sanpaolo, um dos maiores bancos da Itália, por um valor simbólico. O negócio, anunciado no último domingo, deve custar até 17 bilhões de dólares aos contribuintes italianos.

A novidade foi recebida com alívio nos mercados. "A Itália mostrou que a fase de resgates não acabou", disse Jasper Lawler, analista de mercado na LCG.

Em Londres, o FTSE-100 subiu 0,31% e, em Paris, o CAC 40 avançou 0,56%. Frankfurt fechou com alta de 0,29%.

Em Milão, o índice FTSE Mib terminou a sessão desta segunda com alta de 0,81%. A Bolsa de Madri também seguiu a tendência e subiu 0,62%.

burs-jh/js/eg/ll/cc

AFP