Navigation

Bolsonaro é submetido a cirurgia

(6 set) O candidato Jair Bolsonaro no momento em que foi esfaqueado em Juiz de Fora afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 13. setembro 2018 - 12:18
(AFP)

O candidato à presidência Jair Bolsonaro, 63 anos, foi submetido na noite desta quarta-feira a uma cirurgia, em razão das lesões provocadas pela facada que recebeu no abdômen, segundo um boletim médico.

Uma "tomografia do abdômen evidenciou a presença de uma aderência obstruindo o intestino delgado, para a qual foi indicado tratamento cirúrgico", assinalou o Hospital Albert Einstein de São Paulo.

A operação "terminou e foi um sucesso", informou posteriormente o hospital.

O líder nas pesquisas para a eleição de 7 de outubro foi submetido a uma colostomia após ser esfaqueado no dia 6 de setembro, durante um ato de campanha em Juiz de Fora.

Na terça-feira, Bolsonaro havia saído da UTI para a unidade semi-intensiva.

"A cirurgia de emergência acabou bem, graças a Deus! Meu pai está pagando um preço muito alto por querer resgatar o Brasil, está literalmente dando seu sangue", escreveu no Twitter Flávio Bolsonaro, filho de Jair, deputado estadual e candidato ao Senado pelo Rio de Janeiro.

Bolsonaro, candidato à presidência pelo Partido Social Liberal (PSL), aparece com 24% das intenções de voto, muito à frente do segundo colocado, Ciro Gomes, 13%, segundo o Instituto Datafolha.

Também é o candidato com o maior índice de rejeição, 43%, também acordo com o Datafolha.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.