Navigation

Bolsonaro promete melhorar o ensino erradicando 'o lixo marxista' das escolas

Jair Bolsonaro afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 31. dezembro 2018 - 13:21
(AFP)

O presidente eleito Jair Bolsonaro prometeu melhorar a qualidade da educação brasileira erradicando "o lixo marxista" das escolas, em uma mensagem no Twitter postada nesta segunda-feira.

"Uma das metas para tirarmos o Brasil das piores posições nos rankings de educação do mundo é combater o lixo marxista que se instalou nas instituições de ensino. Junto com o Ministro de Educação e outros envolvidos vamos evoluir em formar cidadãos e não mais militantes políticos", afirmou.

Bolsonaro designou como ministro da Educação o filósofo de origem colombiana Ricardo Vélez Rodríguez, que também postou um tuíte nesta segunda-feira, expressando seu desejo de que 2019 marque o início de "uma nova era" para o Brasil.

"Que 2019 seja lembrado como o primeiro ano de uma nova era na qual a educação, a família e os valores que alicerçam a nação brasileira possam regar nossas esperanças e fazer florescer o futuro grandioso que merecemos. FELIZ ANO NOVO, BRASIL!", afirmou o ministro nomeado.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.