Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Sede da Qualcomm em San José, Califórnia

(afp_tickers)

O grupo americano de semicondutores Broadcom anunciou nesta segunda-feira uma oferta de compra de sua concorrente, Qualcomm, por um total de 130 bilhões de dólares, o que constituirá uma das maiores operações deste tipo no setor de novas tecnologias.

Os dos grupos representam uma cifra de negócios conjunta de 51 bilhões de dólares em 2017, e um excedente bruto de exploração (Ebitda) de 23 bilhões de dólares, segundo comunicado da Broadcom.

A oferta valoriza a Qualcomm, abastecedora da Apple, em 70 dólares por ação. A Broadcom pagaria esta soma em parte em efetivo e em parte com suas próprias ações.

O valor de 130 bilhões de dólares leva em conta uma recuperação da dívida de 25 bilhões de dólares.

A Qualcomm, por sua vez, está interessada na compra de seu concorrente holandês NXP, transação que valoriza este último em 47 bilhões de dólares.

A Broadcom afirmou que sua proposta de compra ainda vale se a Qualcomm conseguir ou não comprar a NXP.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP