Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Os ex-presidentes George H. W. Bush (na cadeira de rodas), e seu filho George W. Bush (centro), com Bill Clinton e Jimmy Carter, em um show no Texas, em 21 de outubro de 2017

(afp_tickers)

O ex-presidente republicano George H.W. Bush (1989-1993) votou na democrata Hillary Clinton nas eleições 2016, conta ele em um livro que será lançado em meados de novembro, no qual qualifica de "pretensioso" o então candidato Donald Trump.

"Não gosto dele. Não sei grandes coisas sobre ele, mas sei que é pretensioso. E não estou muito entusiasmado com a ideia de tê-lo como dirigente", declarou Bush pai em uma entrevista de maio de 2016 com o historiador Mark Updegrove, para sua obra "The Last Republicans", que chega às livrarias em 14 de novembro e que teve alguns trechos publicados no site da CNN.

O livro trata dos últimos dois ex-presidentes Bush.

George W. Bush (2001-2009) também conversou com o historiador, o que permite conhecer hoje o pensamento e as reflexões do pai, de 93 anos, e do filho, de 71, durante a campanha eleitoral.

Quando Bush tomou conhecimento da candidatura do empresário do setor imobiliário, comentou: "interessante, não irá durar".

E Updegrove explicou à CNN que ele ficou surpreso com o anúncio oficial de Trump como candidato na Convenção Republicana em julho de 2016.

Embora seja notório que nenhum dos Bush apoiou Trump nas eleições de 8 de novembro de 2016, sabe-se agora que Bush sênior votou na rival democrata.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP