Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Graydon Carter em evento organizado por sua revista

(afp_tickers)

O célebre Graydon Carter, que dirigiu com sucesso a revista americana Vanity Fair durante 25 anos e é conhecido por sua longa disputa com Donald Trump, anunciou nesta quinta-feira sua aposentadoria em uma entrevista ao jornal New York Times.

Famoso não apenas por suas festas e sua influência em Nova York, Hollywood, Washington e no mundo do entretenimento, como também por sua disputa de longa data com Trump, Carter conseguiu que a revista contasse com fotos fantásticas de celebridades e notícias que garantiam rentabilidade.

No último capítulo da rixa entre Trump e Carter, um tuíte do presidente americano em dezembro passado fez com que a Vanity Fair batesse um recorde de assinaturas em 24 horas.

"Em queda, grandes problemas, morto! Graydon Carter, sem talento, será despedido", tuitou Trump em referência ao diretor da revista.

O então presidente eleito estava aborrecido com uma crítica ruim da revista sobre o restaurante Trump Grill, situado na Trump Tower de Manhattan.

O artigo intitulado "O Trump Grill talvez seja o pior restaurante dos Estados Unidos" fazia vários paralelos entre a mediocridade da comida do estabelecimento e o presidente eleito.

Carter descreveu Trump no passado como "um homem vulgar".

"Quero ir embora enquanto a revista está por cima", disse Carter, de 68 anos, ao Times. "Quero ir estando totalmente em forma, tanto no âmbito digital como no impresso. E queria ter um terceiro ato, e pensei que o tempo é precioso", explicou o elegante veterano de longos cabelos brancos.

Segundo o Times, entre os candidatos que poderão subsitituí-lo figuram Adam Moss, da New York Magazine, e Janice Min, do The Hollywood Reporter.

O grupo Condé Nast, ao qual pertence a Vanity Fair, inclui outras publicações de prestígio como The New Yorker, GQ, Vogue, Glamour e Wired.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP