Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O chanceler de El Salvador, Hugo Martínez, durante coletiva em Bruxelas, em 7 de março de 2017

(afp_tickers)

As mudanças climáticas e a igualdade comercial serão os principais temas da III Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) e da União Europeia (UE) em outubro, informou, nesta segunda-feira (17), El Salvador, o país-sede.

A cúpula vai reunir os representantes ou delegados dos 62 países que integram os dois blocos em 26 e 27 de outubro, apontou o chanceler salvadorenho Hugo Martínez numa coletiva de imprensa. O país ocupa a presidência temporária da Celac.

Segundo Martínez, na reunião serão discutidos os compromissos que os países adotaram para mitigar os efeitos de mudanças climáticas.

"Na luta contra as alterações climáticas, buscamos reforçar esse conceito de responsabilidades compartilhadas, porém diferenciadas, em que os países da UE foram rápidos em cooperar conosco para nos preparamos para os riscos do aquecimento global, reduzir as emissões, criar um desenvolvimento mais amigável com o meio ambiente", afirmou o chanceler.

Mesmo assim, o bloco latino-americano vai buscar "ampliar espaços" comerciais com a UE que beneficiem as pequenas e médias empresas.

"Para a União Europeia o apoio às micro, pequenas e médias empresas é fundamental, porque sabemos que às vezes elas não têm acesso fácil ao comércio internacional, e precisamente através de programas de cooperação podemos ajudá-las na internacionalização", apontou o embaixador da UE em El Salvador, Jaume Segura.

Na reunião de cúpula também se discutirá sobre o "multilateralismo forte e inclusivo" no qual os órgãos internacionais como a ONU garantam espaço de participação democrática aos pequenos países, disse Martínez.

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

AFP