Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A imagem de um canguru abatido a tiros, coberto com um tecido de estampa de leopardo e amarrado a uma cadeira com uma garrafa de bebida entre as patas escandalizou a Austrália nesta quarta-feira

(afp_tickers)

A imagem de um canguru abatido a tiros, coberto com um tecido de estampa de leopardo e amarrado a uma cadeira com uma garrafa de bebida entre as patas escandalizou a Austrália nesta quarta-feira (28).

O animal foi encontrado no acostamento de uma estrada do nordeste de Melbourne por alguém que passava pelo local, relatou o investigador do Departamento de Meio Ambiente, Terra, Água e Planejamento do estado de Victoria, Mike Sverns.

Entre as patas, havia uma garrafa de ouzo, uma bebida grega típica.

"O canguru levou, pelo menos, três tiros, antes de ser colocado na cadeira", declarou Mike Sverns.

"É um comportamento lamentável e imoral", afirmou.

Sverns fez um apelo a quem tiver qualquer informação sobre o caso e lembrou que matar animais selvagens protegidos é um crime com multa prevista de até 36.500 dólares australianos (27.000 euros) e pena de dois anos de prisão.

"Precisaram de tempo para colocar o canguru assim, na beira da estrada. E temos certeza de que alguém deve ter visto algo, considerando-se o lugar e a circulação", insistiu.

As autoridades acreditam que o animal tenha sido abatido em outro lugar e, então, deixado na estrada.

AFP