Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O foguete Antares é lançado com a nave de carga espacial Cygnus a bordo, em 13 de julho de 2014.

(afp_tickers)

A nave de carga espacial Cygnus, da Orbital Sciences Corporation, deixou a Estação Espacial Internacional nesta sexta-feira, a caminho de sua desintegração na atmosfera terrestre.

O cargueiro foi liberado do laboratório espacial às 07H40 de Brasília - anunciou a Nasa em seu informe ao vivo do evento.

"A Cygnus se liberou da Estação Espacial Internacional", comentou o relator da Nasa.

Lançada em 13 de julho passado, a nave levou para a ISS 1.657 quilos de materiais, inclusive nove satélites, experimentos para cultivar rúcula no espaço e uma bomba para o módulo japonês, que substituirá outra que deixou de funcionar.

Diferentemente das naves da SpaceX - outra empresa americana -, que pousam ao voltar para a Terra, as cápsulas da Orbital se incendeiam ao reentrar na atmosfera terrestre.

AFP