Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Policias egípcios no Cairo, em 29 de abril de 2017

(afp_tickers)

Sete civis, incluindo duas crianças, morreram nesta segunda-feira no norte do Sinai na explosão de um carro-bomba próximo a um posto policial, informou o Exército egípcio.

Quatro jihadistas armados que estavam no carro tentaram explodir o veículo junto ao posto da polícia, destacou o Exército no comunicado.

Um dos policiais atirou contra o carro, que explodiu a cerca de 200 metros do posto policial, matando os sete civis, segundo o Exército.

O ataque ocorreu ao sul da cidade de Al Arich, capital da província do Sinai do Norte.

Devido a força da explosão, o Exército avalia que o carro carregava cerca de 100 quilos de explosivos.

As vítimas - três homens, duas mulheres e dois meninos - estavam próximas ao veículo.

O norte do Sinai é uma região instável palco de vários ataques do braço egípcio do grupo Estado Islâmico (EI), que mataram centenas de soldados e policiais.

Desde que o Exército derrubou, em 2013, o então presidente egípcio Mohamed Morsi, membros da Irmandade Muçulmana e grupos extremistas têm multiplicado seus atentados contra as forças de segurança, especialmente no Sinai.

AFP