AFP

(Arquivos) Three Mile Island, em abril de 1979

(afp_tickers)

A central nuclear de Three Mile Island, na Pensilvânia, onde ocorreu o pior acidente nuclear civil nos Estados Unidos, terá de fechar em setembro de 2019 por não ser o suficientemente rentável - anunciou nesta terça-feira (30) a empresa que a opera.

"A Exelon Corporation fechará prematuramente sua central de Three Mile Island, em 30 de setembro de 2019, na falta das reformas necessárias", indicou a companhia em um comunicado.

Com apenas um reator no serviço após o acidente no qual seu outro reator se fundiu parcialmente em março de 1979, a central emprega cerca de 675 pessoas a aproximadamente 20 quilômetros ao sul de Harrisburg, a capital da Pensilvânia. A maioria delas será demitida, informou a Exelon.

No comunicado, a empresa, que opera 23 reatores nucleares nos Estados Unidos, questiona o estado da Pensilvânia, acusando-o de não tomar as medidas necessárias para apoiar a indústria nuclear, ao contrário de outros estados como Nova York e Illinois.

O anúncio do fechamento surge em meio às dúvidas sobre o destino dessa indústria nos Estados Unidos, apesar de o país continuar sendo o maior produtor de energia nuclear do mundo, com 99 centrais em funcionamento.

Uma dezena de reatores foi desligada recentemente, ou teve sua inatividade programada para os próximos anos.

AFP

 AFP