Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Construção de uma fábrica no Uruguai

(afp_tickers)

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) reduziu sua projeção de crescimento para a região em 2014 de 2,7% a 2,2%, em função da fraca demanda externa e interna, informou nesta segunda-feira.

"As economias da América Latina e do Caribe crescerão em média 2,2% em 2014 por causa da fragilidade da demanda externa, um baixo dinamismo da demanda interna, insuficiente para a implementação de políticas que impulsionem a reativação", assinalou a comissão em seu comunicado.

AFP