Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Sayeeda Warsi discursa no primeiro dia da conferência do Partido Conservador, em Birmingham, na Inglaterra, em 3 de outubro de 2010.

(afp_tickers)

O Ministério britânico das Relações Exteriores registrou nesta segunda-feira a segunda renúncia de um secretário de Estado, em menos de uma semana, depois que Mark Simmonds entregou o cargo.

Downing Street garantiu que a saída de Mark não tem relação com a de Sayeeda Warsi, que anunciou sua retirada na última terça, 5 de agosto, por não poder "apoiar mais" a política britânica para Gaza - "moralmente indefensável".

A saída de Simmonds, encarregado em especial dos Assuntos Africanos, faria parte de uma ampla remodelação de gabinete iniciada em meados de julho pelo primeiro-ministro David Cameron - destacou um porta-voz do governo.

Na pasta de Relações Exteriores, o ex-ministro da Defesa Philip Hammond substituiu em 15 de julho o então chanceler britânico William Hague.

AFP