AFP

(Arquivo) O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, em Londres, em 10 de maio de 2017

(afp_tickers)

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, condenou nesta segunda-feira a Coreia do Norte pelo lançamento de um míssil balístico e convocou Pyongyang a se submeter a uma desnuclearização.

"Esta ação viola as resoluções do Conselho de Segurança e ameaça a paz e a segurança na região", disse Guterres através de um comunicado de seu porta-voz.

O chefe da ONU pediu à Coreia do Norte para "assegurar o cumprimento integral das suas obrigações internacionais e voltar para o caminho da desnuclearização".

A Coreia do Norte afirmou nesta segunda-feira ter testado com sucesso um novo tipo de míssil que seria capaz de transportar uma "ogiva poderosa" e alcançar bases americanas no Pacífico.

Este é o segundo lançamento de míssil em cerca de duas semanas e o primeiro desde que o presidente Moon Jae-In chegou ao poder na Coreia do Sul.

As resoluções da ONU proíbem a Coreia do Norte de desenvolver tecnologia nuclear e de mísseis balísticos.

O Conselho de Segurança vai se reunir na terça-feira para discutir a questão da Coreia do Norte, enquanto os Estados Unidos pressionam a comunidade internacional por medidas mais duras.

AFP

 AFP