AFP

O secretário de Defesa americano, Jim Mattis

(afp_tickers)

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Jim Mattis, desembarcou neste domingo no Djibuti para uma rápida visita ao pequeno país localizado em uma posição estratégica, onde se encontra a única base militar permanente dos Estados Unidos na África.

A base de Camp Lemonnier, onde estão quase 4.000 militares americanos, tem um papel chave no respaldo das operações militares americanas na África.

O local tem um papel importante para a vizinha Somália, onde os militares americanos ajudam as forças locais a lutar contra os rebeldes shebab, aliados da Al-Qaeda.

Também fornece apoio às operações americanas no Iêmen, onde forças especiais realizam com frequência operações com drones contra combatentes da Al-Qaeda na Península Arábica (Aqpa).

"Para o Departamento de Defesa, Camp Lemonnier e Chabelley (campo de aviação situado a alguns quilômetros e utilizado pelos drones americanos) desempenham um papel fundamental", explicou uma fonte do governo americano.

As bases servem de apoio especialmente às operações militares na África e Oriente Médio.

Mattis tem encontros previstos com o presidente do Djibuti, Ismaël Omar Guelleh, e com o comandante das forças americanas na África, general Thomas Waldhauser.

AFP

 AFP