Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(3 abr) Funeral de uma vítima do deslizamento de terra em Mocoa

(afp_tickers)

O deslizamento de terra ocorrido há 12 dias em Mocoa, no sul da Colômbia, deixou 320 mortos até o momento, incluindo 118 menores - de acordo com o último boletim oficial, divulgado nesta quarta-feira (12).

A estatal Unidade Nacional para a Gestão do Risco de Desastres (UNGRD) informa ainda que 332 pessoas ficaram feridas, e 269 corpos foram entregues às famílias.

Hoje, as autoridades locais continuavam a limpeza das ruas, assim como o processo de dragagem e de represamento dos rios, acrescentou a UNGRD.

Deflagrado por volta da meia-noite de 31 de março, devido ao transbordamento de três rios causado pelas fortes chuvas, o deslizamento afetou cerca de 45.000 moradores, dos mais de 70.000 de Mocoa, segundo cálculos do governo local. Mocoa fica no departamento de Putumayo.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP