Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Bandeira da China em Berlim, em 31 de maio de 2017

(afp_tickers)

A China se comprometeu a não realizar ciberataques contra a propriedade intelectual de empresas canadenses e a não estimular o roubo de tecnologia do país por meio de pirataria digital, segundo um comunicado dos dois governos divulgado nesta segunda-feira.

O acordo é resultado das conversas sobre segurança e comércio bilateral entre China e Canadá.

Os canadenses acusaram hackers chineses de roubar tecnologia e segredos de negócios de importantes empresas farmacêuticas. Pequim não negou a acusação publicamente.

A China fez acordos similares com Austrália, Reino Unido, Estados Unidos e outros países que lhe acusaram de pirataria.

AFP