Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O histórico Waldorf Astoria Hotel pertente ao grupo de seguros chinês Anbang

(afp_tickers)

A China mandou o grupo de seguros Anbang, conglomerado dono do histórico hotel Waldorf Astoria, em Nova York, vender seus ativos no exterior, disse a Bloomberg News nesta segunda-feira.

A agência de notícias citou fontes anônimas ligadas ao negócio e afirmou que autoridades chinesas disseram à Anbang para trazer os lucros de volta para a China, após de desfazer dos negócios no exterior.

A empresa negou a notícia. "A Anbang atualmente não tem planos de vender seus ativos no exterior", disse em nota à Boomberg.

"Hoje, os variados negócios e operações da Anbang estão normais, e a empresa tem caixa amplo e capacidade de solvência suficiente".

No ano passado, Pequim começou a introduzir restrições para conter a saída de capitais ao exterior. Os agentes reguladores estão investigando potenciais empréstimos arriscados para grandes empresas, como os conglomerados Wanda, HNA e Fosun.

Fundada há 13 anos, a Anbang foi de seguradora de bens nacional a gigante financeira, ficando conhecida no mundo todo por comprar o Waldorf Astoria por 1,95 bilhão de dólares em 2014, um recorde.

AFP