Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Dois aviões das Forças Aéreas italianas decolam da base de Sigonella, na Sicília.

(afp_tickers)

Dois aviões militares italianos colidiram nesta terça-feira e caíram no centro da Itália, segundo o ministério da Defesa, e quatro pessas se encontram desaparecidas.

A aviação militar confirmou a queda dos dois aparelhos Tornado, que realizavam uma missão de treinamento e se viram envolvidos no acidente aéreo.

Helicópteros de resgate aéreo e outros caças de reconhecimento sobrevoam o lugar e uma equipe de peritos foi enviada para investigar o acidente.

Segundo a imprensa italiana, a bordo dos aparelhos que caíram perto de Ascoli Piceno, nas Marcas, se encontravam quatro militares, pilotos e navegadores.

Testemunhas afirmaram que os dois aviões se chocaram em voo. Fontes militares, por sua vez, afirmaram que os militares teriam conseguido sair dos aviões antes que caíssem.

A queda provocou vários incêndios na zona, mas não atingiu as residências.

AFP