AFP

Chris Cornell, um dos cantores mais versáteis do grunge, tinha 52 anos

(afp_tickers)

Grandes celebridades da música e do cinema se reuniram em Hollywood, nesta sexta-feira (26), para dar o último adeus a Chris Cornell, um dos cantores mais emblemáticos do rock grunge, que faleceu há uma semana.

Brad Pitt, Pharrell Williams, Christian Bale e Josh Brolin, entre outros membros do olimpo do entretenimento, acompanharam a família em uma cerimônia privada, na qual foi homenageado com música.

O roqueiro Tom Morello e o ator Brolin fizeram discursos carregados de elogios, segundo a Billboard.com.

Depois de encerrada a cerimônia privada, um grupo de fãs também quis dar seu último adeus.

De 52 anos e com um impressionante registro de voz, Cornell foi um pioneiro do grunge na década de 1990 com seu grupo Soundgarden.

Ele faleceu depois de se apresentar no dia 17, no Fox Theater de Detroit, em Michigan, na última escala de uma viagem da banda, que voltou a se reunir em 2010.

Sobreviveu à sua mulher, Vicky Karayiannis Cornell, com quem teve uma filha de 12 e um menino de 11. Já tinha um filho, de outro casamento.

A Polícia investiga um possível suicídio, mas sua mulher descarta essa hipótese.

"O que aconteceu é inexplicável, e tenho a esperança de que os próximos boletins médicos deem mais detalhes. Sei que ele amava nossos filhos e que não lhes faria mal, tirando sua vida de forma intencional", disse sua viúva, em um comunicado.

Sua sepultura fica perto da de Johnny Ramone, cuja lápide tem uma escultura do roqueiro punk tocando guitarra.

AFP

 AFP