Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O grupo de sites para adultos FriendFinder Networks reconheceu nesta sexta-feira um 'problema de segurança', depois que a imprensa informou que os dados pessoais de cerca de 3,9 milhões de usuários haviam sido roubados por hackers

(afp_tickers)

O grupo de sites para adultos FriendFinder Networks reconheceu nesta sexta-feira um "problema de segurança", depois que a imprensa informou que os dados pessoais de cerca de 3,9 milhões de usuários haviam sido roubados por hackers.

O grupo, que administra vários portais de relacionamento para adultos, indicou que havia sido "informado recentemente sobre um potencial problema de segurança de dados e avalia a gravidade da situação".

"Já começamos a trabalhar em estreita colaboração com as autoridades policiais e iniciamos uma investigação completa com a ajuda de um investigador independente", explicou o grupo.

Até que a investigação seja concluída, "é muito difícil determinar com certeza toda a extensão do incidente", ressaltou.

Mais cedo, a emissora britânica Channel 4 informou que os dados de 3,9 milhões usuários do Adult FriendFinder em todo o mundo foram hackeados e colocados na "internet profunda" (dark web), uma rede oculta utilizada para atividades ilícitas.

De acordo com o Channel 4, os dados revelados incluem o nome dos usuários, sua orientação sexual, preferências, se buscarem relacionamentos extraconjugais, endereço de e-mail, data de nascimento, código postal ou até mesmo o endereço IP do seu computador.

O ataque foi relatado há um mês pelo especialista em segurança cibernética Bev Robb, que encontrou estes dados na "dark web". Mas o nome do portal hackeado não foi revelado pelo Channel 4.

"Há abundante informação que identifica as pessoas em um fórum na Darknet", disse Robb no mês passado. O especialista indicou que os dados bancários não foram revelados.

De acordo com especialistas, as informações roubadas poderiam ser usadas para golpes ou chantagens.

A FriendFinder Networks foi criada em 1996 na Califórnia e rapidamente criou uma dúzia de portais para adultos. No final de 2007, comprou o grupo editorial da versão americana da revista erótica Penthouse.

AFP