Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O ciclista britânico Mark Beaumont (C) chega em Paris em 18 de setembro de 2017 após completar a volta ao mundo em 78 dias

(afp_tickers)

O ciclista britânico Mark Beaumont terminou nesta segunda-feira à noite (horário local), em Paris, sua volta ao mundo em bicicleta, um trajeto percorrido em menos de 79 dias, batendo um novo recorde e superando a conquista fictícia do famoso personagem de Júlio Verne, Phileas Fogg.

O aventureiro, de 34 anos, conseguiu dar a volta ao mundo de bicicleta em 78 dias, 14 horas e 14 minutos, segundo o livro Guinness dos recordes.

Ele saiu de Paris em 2 de julho e chegou nesta segunda-feira pouco antes das 19h00 (14h00 de Brasília) no Arco do Triunfo, em pleno horário do rush.

"Fui além do que já havia feito, física e mentalmente", declarou o ciclista em sua chegada, onde era esperado por sua esposa e suas duas filhas, assim como um grupo de fãs.

"Foram, sem dúvida, os dois meses e meio mais longos da minha vida", acrescentou, enquanto posava ao lado de sua mãe e agente, Una.

O recorde anterior remontava a 2015 e foi estabelecido pelo neozelandês Andrew Nicholson, com 123 dias.

Em 2008, Mark Beaumont conseguiu realizar esta façanha em 195 dias.

No livro "A Volta ao Mundo em 80 Dias", de Júlio Verne, Phileas Fogg demorou 80 dias para realizar a travessia, pegando trens e barcos. Já Mark Beaumont cruzou os oceanos Atlântico e Pacífico de avião, e completou o resto do trajeto de bicicleta.

O ciclista teve que pedalar 16 horas por dia para percorrer os 29.000 quilômetros necessários para completar o desafio.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP