Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Tito Aldemar Ruano Yandun, mais conhecido como "Don Ti", escoltado epla polícia colombiana, no dia 20 de outubro de 2017 em Tumaco, Colômbia

(afp_tickers)

A polícia da Colômbia capturou o narcotraficante Tito Aldemar Ruano Yandun, também conhecido como "Don Ti", ligado aos cartéis mexicanos e que enviava até sete toneladas de cocaína mensais à América Central e aos Estados Unidos.

Ruano Yandun, sobre quem pesa um pedido de extradição para os EUA, foi capturado "nas últimas horas" no município de Tumaco, na fronteira com o Equador, informou a polícia.

O narcotraficante, de 42 anos, é apontado pelas autoridades como um aliado dos cartéis mexicanos de Sinaloa e Jalisco Nueva Generación para o envio de toneladas de cocaína aos Estados Unidos e à América Central.

"Don Ti" liderava uma organização criminal que operava a partir do departamento de Nariño e na fronteira com o Equador e controlava todos as etapas do narcotráfico: do plantio da coca à distribuição dos carregamentos de cocaína.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP