Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Comemoração do acordo de paz na principal praça de Bogotá

(afp_tickers)

A maioria dos colombianos votará a favor do acordo de paz assinado nesta segunda-feira entre a guerrilha das Farc e o governo no referendo do próximo domingo, segundo pesquisas publicadas nesta terça-feira.

Nas últimas pesquisas que podem ser publicadas antes da consulta para que os colombianos aprovem ou rejeitem o pacto de paz com as Farc, a opção do "Sim" registra entre 55% e 66% das adesões.

A pesquisa da empresa Datexco, publicada pelo jornal El Tiempo e pela W Radio, estima que 55% dos colombianos votarão "Sim" no referendo e 36,6% escolherão o "Não". Além disso, 4,7% dos mais de 2.100 questionados entre 24 e 26 de setembro por telefone disseram estar indecisos e 3,7% preferiram não responder.

Com uma margem de erro de 2,13% e um nível de confiança de 95%, a Datexco compara os resultados desta medição com uma realizada pela mesma companhia entre 13 e 15 de setembro, na qual o "Sim" reuniu 55,3% e o "Não" 38,3%.

Em outra pesquisa elaborada entre 21 e 25 de setembro pela empresa Ipsos Napoleón Franco e divulgada pela RCN e pela revista Semana, a intenção de voto pelo "Sim" se situou em 66% e pelo "Não" em 34%.

Em uma medição anterior, de 9 de setembro, o "Sim" havia obtido seis pontos a mais (72%) e o "Não" seis pontos a menos (28%).

A pesquisa de Ipsos foi aplicada em 1.524 pessoas, com uma margem de erro de 3,5% e um nível de confiabilidade de 95%.

Estas duas pesquisas também mostram que aumentou a intenção de voto no referendo convocado pelo presidente Juan Manuel Santos para que os cidadãos decidam pela implementação ou rejeição dos acordos alcançados com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc, comunistas), após quase quatro anos de negociações em Cuba.

Segundo a Ipsos, no início de setembro 53% dos questionados diziam que iriam votar no referendo, contra 56% que afirmam que comparecerão às urnas agora. No caso da Datexco, a intenção de voto subiu de 58,1% em meados do mês a 67,1% atualmente.

Para que o acordo de paz seja aprovado, a opção do "Sim" deverá reunir mais de 4,4 milhões de votos e ser superior às adesões do "Não".

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP