Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, em Roma, no dia 13 de juhno de 2015

(afp_tickers)

Dois militares morreram, e outros três ficaram feridos, em combates com a guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) no município de Puerto Rico, no sudoeste do país, informou o Exército nesta quinta-feira.

Segundo o Exército, os militares enfrentaram guerrilheiros da Coluna Móvel Teófilo Forero das Farc quando patrulhavam a região.

Em meio aos "confrontos registrados (...) dois militares foram assassinados, e três ficaram feridos, sendo evacuados de forma imediata para um centro assistencial", destacou o Exército.

Os combates ocorreram no departamento de Caquetá (sudoeste), um dos epicentros da mais recente campanha da guerrilha. Na véspera, outros quatro militares morreram na área.

"Quero homenagear cada um desses soldados que sacrificaram sua vida pelos demais colombianos", disse o presidente Juan Manuel Santos à imprensa.

Principal guerrilha da Colômbia, com cerca de 8 mil combatentes, as Farc mantêm negociações de paz com o governo colombiano desde novembro de 2012, em Havana, mas o diálogo avança sem um cessar-fogo bilateral.

AFP