AFP

(Abril) Cardiles participa de uma cerimônia em homenagem a Jugele na capital francesa

(afp_tickers)

O companheiro do policial assassinado em abril na avenida Champs-Élysées, em Paris, por um extremista islâmico celebrou um casamento póstumo na presença do ex-presidente francês François Hollande e da prefeita da capital francesa, Anne Hidalgo, anunciou nesta quarta-feira o jornal Le Parisien.

O casamento foi celebrado entre Etienne Cardiles e Xavier Jugele, de 37 anos, morto em 20 de abril quando estava de serviço em um ataque três dias antes do primeiro turno das eleições presidenciais francesas.

Jugele era conhecido por seu ativismo em favor dos direitos dos homossexuais no seio da polícia.

Em uma cerimônia póstuma em homenagem ao falecido, em 25 de abril, Cardiles fez um discurso emocionado no qual assegurou que os assassinos de Jugele "não terão o meu ódio".

Jugele foi o quinto policial morto por extremistas islâmicos na onda de ataques que atinge a França desde 2015 e que deixou mais de 230 mortos.

AFP

 AFP